Stop

Essências Terra LUX Elixires Cristalinos Sprays Áuricos Astroessências Artémis Terra Brasilis Proteas

Harmonizador de relacionamentos e ambientes. Promove paz interior para manifestar de forma mais harmoniosa a nossa individualidade. Ajuda a resolver carma na família biológica e na família mais alargada. “Faz a tua parte e isso se refletirá no Todo.”

Hortênsia é uma essência de amor, que nos ajuda a melhorar o relacionamento connosco próprios e, consequentemente, se traduz numa melhoria na forma como nos relacionamos com as pessoas que nos rodeiam.

Indicações: Harmonizar conflitos interiores, conjugais, familiares e em grupos, para harmonizar ambientes.

Sobre a Hortênsia, também conhecida por Rosa do Japão, o seu nome (Hydrangea arborescens) vem de uma palavra grega que significa “vaso de água”.

Além de se referir à afinidade que a planta possui com a água, também tem uma correspondência interessante com a sua ação medicinal sobre os vasos de água do corpo humano, isto é, os rins. Na medicina chinesa os rins armazenam o Jing, a essência ou energia ancestral, passada pelos nossos pais e antepassados. Os rins são o filtro do nosso corpo e das emoções, estando relacionados com o medo, críticas e indecisão. As mágoas (má-águas) que sentimos afetam a qualidade desta filtragem, sendo que as tristezas passam para os pulmões e para o fígado as iras.

Na sua versão positiva, as emoções associadas aos rins estão relacionadas com a capacidade de deixar fluir, à segurança e à fé, recordando-nos do movimento da água na busca do caminho mais fácil e contorno de obstáculos para chegar ao destino. O facto de os rins serem aos pares remete-nos para a ideia das parcerias e do equilíbrio nos relacionamentos. Segundo a medicina tradicional chinesa os rins são a fonte do nosso poder e vitalidade.

A hortênsia tem origem no Japão e na China. O seu nome em japonês é Ajisai, sendo que o primeiro ideograma que compõe a palavra significa roxo ou violeta. No Japão, Ajisai também é chamado por Nana hen-ka que significa “sete transformações”, alusiva às diversas variantes das suas cores. Em chinês o seu nome é Shiyouka e significa “Flor do Sol Violeta”.

De acordo com a lenda, no dia em que o Buda nasceu flores bonitas de hortênsia floresceram do céu e o doce néctar de “Amacha” (chá elaborado a partir das sua folhas) derramou. Os templos budistas no Japão estão repletos de hortênsias e o seu chá é utilizado nas cerimónias do aniversário do Buda, conhecido por festa das flores no Japão e o festival de Wesak no Tibete.

No continente americano, os índios Cherokees, e mais tarde os colonos americanos, utilizavam as hortenses para tratar cálculos dos rins e da bexiga.

A Hortense é a flor que nos ajuda a eliminar as pedras dos rins, e também as pedras do nosso caminho, recordando-nos que perante as crenças que herdamos dos nossos antepassados temos sempre a liberdade de escolher uma vida mais leve e plena.

FITOTERAPIA:
Tratamento de problemas do aparelho urinário, como cistite, cálculos nos rins, pedra na bexiga, sangue na urina, problemas de próstata ou incontinência urinária, diurética e tratamento de doenças autoimunes.


+ info sobre Marlene Azevedo

Marlene Azevedo

Terapeuta Terapeuta Floral e Bioelectrografia (Foto Kirlian)


+ info.

“Existe uma inteligência entre as plantas que se poderia chamar espíritos da natureza. A intercomunicação entre seres humanos e plantas é uma parte inevitável do plano divino. Juntos, criamos um organismo de um ser vivo chamado Terra.”
DR. KOROTKOV, Cientista e Professor de Físico Russo, Inventor da Bioelectrografia (Foto Kirlian) com a Camara BioWell

SOBRE MIM

Desde sempre senti uma forte ligação à natureza. Optei pela Licenciatura em Economia, pois embora fosse extremamente sensível e criativa, precisava de uma abordagem mais concreta da vida. Aos 22 anos comecei a trabalhar na Banca e mais tarde lanço uma das primeiras corretoras online em Portugal, um projeto inovador, cuja estratégia de comunicação foi um sucesso.

Aos 27 anos, devido à doença de um familiar, iniciei um mergulho profundo nas terapias complementares: Astrologia, Yoga, Reiki, Terapia de Vidas Passadas e Meditação. Aos 31 anos iniciei a minha carreira como Terapeuta.

Mais tarde tive um problema de saúde que levou 2 anos a diagnosticar. Neste período, desenvolvi através da meditação, a capacidade de libertação das memórias de dor guardadas ao nível celular.

Os florais vieram no seguimento deste trabalho e é o que me apaixona verdadeiramente. As flores têm como missão apoiar o ser humano no seu caminho de evolução. Entrar em contacto com a flor, descodificar as suas mensagens e de que forma nos podem ajudar a manifestar o que de melhor existe em nós é algo para mim magnífico.  Em 2015, comecei a criar a minha própria linha Floral e em 2018 conheci a Eveline Brigham, com quem senti uma forte empatia.

O diagnóstico à bioenergia com a Camara BioWell surgiu em 2017, fruto da minha necessidade de entender estas temáticas de uma perspetiva mais concreta. Quando nos sentimos bem a nossa Luz brilha e expande. Quando sentimos emoções negativas a nossa Luz contrai. A BioWell permite realizar um diagnóstico à nossa Luz/energia e perceber como o estado de espírito e ambiente está a ter impacto no campo bioenergético.

Em 2018 encerro um ciclo de 23 anos na área da Banca para me dedicar em exclusivo ao que considero ser a minha paixão - contribuir para a felicidade das pessoas através da Terapia Floral.

Atualmente, encontro-me em Queijas e colaboro com a Eveline Brigham no maravilhoso Projecto Ser Essencial.

« voltar