Stop

Essências Artémis

Esta essência actua limpando, purificando e desintoxicando o corpo físico e a mente.
Por atuar de forma rápida deve ser empregada sempre que exista uma situação emergencial ou traumática. Ajuda a reforçar os sistemas de defesa do indivíduo, seja o sistema imunológico ou o campo áurico (ajuda a acabar com parasitismos e obsessões psíquicas). Atua como "antibiótico" floral.

Artemísia volta a por o coração como órgão primário de perceção, para aqueles demasiadamente na cabeça e pouco no coração.

Protege de energia inadequada, invasiva e autocriada. É a erva da mulher por excelência, para recompor o Eu feminino, para ajudar a mulher a integrar-se com a maternidade e sensibilidade. É ótima para mulheres que precisam de ser sempre fortes e que muitas vezes apresentam problemas relacionados com os ciclos menstruais. É conhecida desde a Antiguidade por ajudar nos partos. O nome Artemísia tem origem na deusa Ártemis, que era a protetora dos partos.

É a principal erva do aparelho urogenital feminino. Previne doenças, regulariza o ciclo menstrual, alivia as cólicas. Também é empregada para anemia, cólicas, debilidade do estômago, gastrite, menstruação deficiente, nervosismo, nevralgia. É uma excelente diurético, e por isso ajuda muito no funcionamento e na limpeza constante dos rins. O chá também se aplica as dores reumáticas e dores de cabeça.

Repelente de insetos principalmente traças. A Artemísia produz piretrina o que afasta pulgões e nematóides dos canteiros.

Deve ser usada quando há necessidade de limpeza profunda de toxinas físicas e energéticas. Na época renascentista foi encontrado escrito por um autor desconhecido onde diz "Os Segredos da Artemísia: Infunde alento, ânimo e força, a quem a trouxer consigo junto do coração".

Esta erva, bebida num copo de vinho branco, tira logo o cansaço do caminho e o caminhante que a leve consigo, sentirá muito menos o caminhar." Auxilia a entrar em estado Alfa facilitando a compreensão dos sonhos, aumenta o coeficiente intelectual harmoniza o psiquismo, casos de mediunidade. Regulariza a sinapse cerebral, expande a consciência. Bom para epiléticos e pessoas sonâmbulas. Equilibra aqueles que procuram fugir da realidade através de práticas pseudo-espirituais.

A Artemísia, como o alecrim, parece ser outra planta revestida de magias e mistérios, já que é denominada por alguns até como “a planta mais poderosa da terra”, "a erva da vida", "erva das bruxas" ou “a deusa das plantas”, sendo considerada Sagrada para os orientais. O seu nome é em honra a Artemís (Diana, entre os romanos, deusa da caça e da castidade); a deusa grega, protetora dos partos; ainda na Grécia Antiga. Daí vem o seu nome científico:Artemisia absinthium.

Conhecendo melhor a planta: 

Famíla: Artemisia pertencente à família Asteraceae (margaridas).

Coloração: amarelo claro.

Espécies: O grupo inclui 200 a 400 espécies de plantas herbáceas e arbustivas, ricas em óleos voláteis. O absinto é um exemplo de espécie de Artemisia. Assim, vemos que há inúmeros tipos de artemísia e, quase todas atuam de maneira semelhante, claro, com algumas exceções.

Habitat: Artemisia vulgaris (também chamada de erva do fogo ou artemigem). É natural da Europa temperada, Ásia, norte da África, mas também está presente na América do Norte, onde é uma erva invasiva. No Brasil é cultivada em hortas e jardins em locais agrestes. Hoje, está disseminada em todo o mundo.

Solo: Tem preferência por solos argilo-arenosos, mas cresce em todos os solos desde que permeáveis. Vegeta espontaneamente em solos não cultivados (baldios). A propagação é feita por divisão de touceiras com raízes, estacas de galhos ou sementes. 

Clima: Produz melhor em climas temperados. Há espécies de Verão/outono e de inverno. 

Partes utilizadas: raiz, caule e folhas. Todas as partes da planta possuem sabor muito amargo e aroma muito forte.

Colheita: Em cultivos comerciais, corta-se toda a planta após dois anos. Colhe-se as folhas pela manhã, nas primeiras horas do dia, preferencialmente antes da floração. 

Outras denominações: Também conhecida por: absinto, absinto comum, absinto grande, absinto maior, absíntio, absinto selvagem,acinto, acintro, aluína, alvina, artemísia-comun, artemísia-verdadeira, artemíge, artemijo, citronela maior, erva dos bichos, erva dos cem gostos, erva dos velhos, erva santa, erva-do-fogo, erva-de-são-joão, flor de diana, flor-de-São-João, gotas amargas, losma,losna, losna branca, losna-brava, losna de dioscórides, losna maior,sintro, vermute. (em alguns lugares também chamada fel-de-índio, mas no geral parece ter outra planta com essa mesma denominação).

Descrição: A Artemísia é uma planta perene  (vive mais de 2 anos) herbácea de pequeno porte, geralmente medindo em torno de 40 cm a 2 metros de altura; nativa de regiões de clima temperado.Seu caule possui uma coloração púrpura. Suas folhas, de 5 a 20 cm são fendidas conforme a espécie; de cor verde-escuras acinzentada na superfície, possuindo densa camada de pequenospêlos brancos na parte inferior. Produz flores pequenas, de cores vermelhas, brancas ou amarelas. A Artemisia vulgaris, (popular erva-de-São-João) por exemplo, floresce em outubro. 

Propriedades Medicinais: As suas propriedades medicinais conhecidas são o efeito:analgésico, febrífugo, antiespasmódico, anticonvulsivo, diuréticas, sedativas, atiinflamatórias, tônico, calmante, digestivo, vermífugo (tênia, lombrigas e oxiúros) e regulador da menstruação. É uma das plantas mais completas na Flora Medicinal.

É uma planta contraindicada a mulheres grávidas devido a ser abortiva. Em dose exagerada é perigosa. Também Não deve ser ingerida por crianças.


FONTE: http://magiadailha.blogspot.com.br/2012/05/artemisia-propriedades-e-usos-2-parte.html


Grupo de formandas Terra Luz.a

Essência sintonizada em grupo pelas aprendizes do VIII Curso de Formação de Terapeutas Florais, nível I e II.

« voltar