Stop

Essências Florais Bach Cactus Fes Cogumelos Bush Australiano Orquídeas: Amazónicas Dancing Light Europeias Living Tree

Efeito Positivo: Sensação de ser suportado, quando se lida com actividades radicais. A certeza de que não se está só, mesmo quando se encontra sozinho e abrindo caminho onde poucos outros andam. Consciência do sentido de oportunidade e criatividade ao atingir os limites. Conexão e camaradagem com aqueles que também tiveram a coragem e ligação forte com a sua própria alma, para se aventurarem até ás margens do precipício, e com isso ajudar a ampliar o mundo manifestado. Compreendendo o propósito dos extremos no seu momento de vida. É uma rede de segurança para aqueles que são empurrados até ao extremo daquilo que são capazes de fazer, entender, cooperar, manifestar. É uma ferramenta e uma referência para território desconhecido.

Indicações: Sensação de ter atingido os limites daquilo que pode ser tolerado, aceite, ou com que se pode lidar. Sentindo-se extremamente pressionado. Á beira de cometer suicídio, como se a vida não valesse o esforço. Quando se sente a necessidade de segurança, enquanto os seus limites são pressionados ao extremo e se movimenta para experiências de vida mais recompensadoras. Quando o karma se mostra intensamente desagradável de lidar, e contudo tem de ser feito o que tem de ser feito, com a certeza de que no fim, as coisas melhorarão.

Qualidades:
A Essência do Limite foi feita em Pacifica, Califórnia, na beira de um precipício, no extremo do continente onde a terra e mar se encontram, onde a Placa Continental colide com a Placa do Pacífico, obrigando-a a submeter-se. Aí, as ondas esmagam-se eternamente contra as pedras lá em baixo e os ventos do oceano sopram continuamente.
Uma manhã bem cedo, eu estava de pé na beira da falésia, num estado de centragem. As "energias de limite" avançaram, levantando-se da terra e do oceano e envolveram-me, quebrando-se em seguida, como uma onda do mar. A intenção deste movimento fluiu claramente para mim, sussurrando, "Faça a Essência do Limite".
A Essência do Limite é para aqueles que fazem o seu trabalho no fio da navalha. É para que compreendam o limite, e como este se foi sempre manifestando nas suas vidas, aguçando-lhes os sentidos, preparando-os para os seus próprios destinos. É para vos levar ao entendimento do propósito dos limites, nas vossas vidas presentes.
Os limites podem ser vastos e estreitos, manifestados e não-manifestados. A Essência do Limite é um portal para tudo. O limiar é a abundância infinita a ser colhida e pronta para ser trazida á forma. Esta essência não é uma marca, mas um chamado para experimentar a partilha da consciência; uma chamada para o colectivo; uma chamada para a co-criação; uma chamada para levar a chama acesa e nutri-la na forma. A Essência do Limite traz a consciência colectiva para a forma, de modo a ser usada por aqueles que na forma se encontram.

Actua como uma rede de segurança para aqueles que são pressionados até ao limiar do que podem fazer, entender, lidar ou manifestar. Quando os humanos são levados aos seus limites, podem ficar aterrorizados ou actuar imprevisivelmente, porque podem não ter recursos ou referências sobre o território desconhecido. A consciência colectiva do limite é uma zona de segurança, sendo que a consciência representa uma oportunidade de saber, de acessar padrões energéticos e uma sabedoria que pode ser utilizada na sua vida. Há abundância no limite seja do que for, abundância no extremo do desespero. A consciência colectiva do limite mostra-nos novos caminhos, novos entendimentos, informação nova, possibilidades novas. Deixe a Essência do Limite pegá-lo pela mão e conduzi-lo através dos seus próprios limites.

« voltar