Stop

Essências Florais Bach Cactus Fes Cogumelos Bush Australiano Orquídeas: Amazónicas Dancing Light Europeias Living Tree

Efeito Positivo: Libertação do aprisionamento de pensamentos limitados. Abre aos mistérios do Ser autentico. Conexão com o principio masculino interior; no homem, a fonte da força natural; na mulher, a fonte do mistério e do poder.

Indicações: Quando os pensamentos se tornaram uma fronteira interior. Insatisfação pela vida se ter tornado muito comum e vulgar.; o fora do comum e o extraordinário e a habilidade e a vontade para os manifestar, são encontrados dentro.

Qualidades:
Esta essência é um convite a explorar os mistérios interiores do ser, onde uma maior integração tem lugar; onde, em lugar ego que foi deixado para trás, estivesse a nascer a viagem espiritual e da alma. Quando libero os meus pensamentos e sigo o meu coração posso ver de novo. Em essência, parti para as energias etéricas do coração da flor, onde me posso encontrar com o coração do meu ser. Quero caminhar inteiro para este lugar de mistério interior!

A orquídea Aeranthes torna-se cada vez mais perfumada, conforme a luz do dia vai caindo e a noite chegando.
Esta flor é de certa forma transparente, á medida que a luz se move através dela; na sua luminescência, parece voar no céu nocturno, segura por um longo talo, no fim do qual a flor ancora em pleno voo, imitando a traça que é o seu polinizador silvestre.

Em essência, entro nas verdes névoas, as verdes energias etéricas do coração da flor, onde me posso encontrar com o meu próprio coração.
Eu sou livre; eu também posso voar. Atraído pelo doce aroma, abro-me para os mistérios do Ser verdadeiro que habita dentro, e experimento a libertação do pensamento limitado. Encontro-me no meu mistério interno e estou atento, desperto.

A essência de Aeranthes foi o meu transporte; libertou-me dos grilhões limitados da minha mente lógica, para o vasto mistério sustentador, de onde venho. Quero que todo o meu ser entre nesse lugar de mistério interior. Quanta sorte, ser levado ao mistério que existe dentro de mim, onde a essência ainda se permite ser mais doce do que a da própria flor!

Aeranthes floresce da noite e do ar
Brilhos subtis de beleza resplandecente...
Flores Lunares, como asas
Sons na escuridão, canto interno...
Eu Canto com a luz, canto com amor
A música perfumada do amor escraviza-me dentro...
Nas asas da noite, voo para ti.
Solto o meu coração
Como um manto, sobre tudo...

Que se revele a visão
E a cegueira se vá!
Invoco os mistérios do Ser:
Revelar, Desvendar
Chamar para a noite o ser do dia
Para os lugares de mistério que habitam dentro.

« voltar