Stop

Essências Florais Bach Cactus Fes Cogumelos Bush Australiano Orquídeas: Amazónicas Dancing Light Europeias Living Tree

É uma essência de aprendizagem. Abre o terceiro olho esvaziando a mente e permitindo a escuta e a visão, com limpidez e clareza. Conecta-nos com a criança interior, levando a um ponto de equilíbrio consigo mesmo, dando alegria e força, para que seja mais fácil atingir o equilíbrio emocional e o compromisso com o caminho. Ensina a troca da tristeza pela alegria, a partir da expressão da criança interior externamente e do recuperar do prazer de viver. Trabalha a mudança abrindo chacra do 3º Olho através da limpeza, o da Força (2º) e o da Coroa (7º) permitindo um equilíbrio com paz. Trabalha a simplicidade do quotidiano sem deixar de actuar ao nível espiritual na medida em que somente encontrando equilíbrio na simplicidade se dão passos evolutivos. É uma essência alegre, amorosa e feliz, que ensina a assistir os outros, a dar e a receber afectividade e amor e a reconhecê-los, a sentir a vida com mais intensidade, a valorizar as pequenas coisas do dia a dia; conduz a um estado de contentamento, plenitude e paz interior.


Essências de Aprendizagem

É a compreensão de como se é perante o mundo; o primeiro passo é a tomada de consciência de que há um caminho, a distinção entre o kármico e o humano, entre aquilo que se tem vindo a fazer por ser o próprio programa e o que o ego gostaria de realizar, entre os sonhos e os desejos. É importante aqui o reconhecimento da nossa actuação, a análise dos aspectos narcísicos da personalidade para os desmontar, o poder, a dominação sobre os outros nas suas manifestações mais subtis, o entendimento das máscaras como mecanismos de defesa ou como estados de auto desvalorização e incapacidade que também nos impedem de ser nós mesmos. Se a aprendizagem não for conscientizada, as dificuldades serão vistas como azar, os acontecimentos disfarçados, os outros serão culpabilizados das nossas desditas. Fica-se então parado no caminho, como uma estátua, enquanto os outros seguem em frente, até que num momento a vida se desmonta, obrigando a plantar de novo a nossa estrada.

« voltar