Stop

Essências Terra Luz.a® Primavera Verão Outono Inverno Quintessências Potencializadores

Resina de árvores petrificada. Amplifica e estabiliza a energia curativa da essência floral, criando sinergia das suas virtudes e poderes. Desperta a kundalini e criatividade. Boa disposição e estimula o intelecto.

O Âmbar estabiliza e desperta a kundalini. Anima a disposição e estimula o intelecto, permitindo a cura do corpo através da absorção e transmutação da energia negativa para positiva. É uma essência Indicada para pessoas com tendências suicidas, autodestrutivas e depressivas. 

Ajuda na perda de memória e a dificuldade para tomar decisões. É uma energia calmante, que combate a ansiedade, o stress, a indecisão, liberta bloqueios antigos e a agressividade reprimida. Reequilibra energeticamente a vesícula biliar, transmuta energias negativas, acorda a originalidade e a criatividade. Ativa a atracão sexual e liberta de condicionamentos que impedem o viver do prazer.

Um colar de âmbar em volta do pescoço protege a saúde. É uma "pedra" que fortalece o poder dos xamãs e realça a beleza de quem a usa: detém o poder de afastar as doenças do corpo: para esse efeito é benéfico colocar a pedra numa parte do corpo com desequilíbrio ou dor. Ela absorverá a energia negativa e ajudará o corpo a restabelecer-se.

Aumenta a beleza natural, estimula a felicidade e traz amigos para os solitários. É ainda utilizado por alguns povos da Europa para afastar o mau-olhado. É útil também para aqueles que sofrem de infeções da garganta, dos brônquios, asma ou convulsões, reumatismo, desordens intestinais, dores de ouvido, problemas da bexiga e nas deficiências dos nervos e da medula óssea.

Apresenta muitas vezes inclusões de insetos ou plantas. Os romanos conheciam-no por sucinnum, que significa "pedra de seiva", e também foi chamada pelos Gregos elektron  (sol-dourado) do qual provem a palavra "eletricidade", pois foi utilizado nas primeiras demonstrações de eletricidade estática.

O Âmbar é uma resina, é a resina fossilizada das coníferas, formado há 50 milhões de anos, não é uma pedra. A palavra âmbar, é de origem árabe, anbar. É considerada a primeira gema do homem por ter sido usada como objeto de adorno desde os tempos pré-históricos. A maior jazida de âmbar encontra-se em Palmnicken, na antiga Prússia Oriental. Existem reservas também no fundo do Mar Báltico, na Sicília, Roménia, Birmânia e no Canadá. Para os povos do Báltico, o âmbar servia de moeda de troca por outras mercadorias. Acreditava-se que a forma de gota do âmbar vinha das lágrimas das Helíades, que por terem calcinado a crosta terrestre, eram lançadas aos infernos por Zeus, muito zangado.

"Talvez uma de suas mais misteriosas qualidades seja o fato do âmbar ser sempre morno ao toque. O âmbar, tão frágil e ao mesmo tempo extremamente resistente, representa a própria história do ser humano. Cada pedra carrega consigo as emoções da própria Terra e é a essência da natureza que abrigou o homem desde o seu começo. Possuindo centenas de tonalidades diferenciadas, foi usado primeiramente para afastar espíritos maléficos e atrair os benéficos. Era tão valorizado seu uso em rosários que no século 13 e 14 muitas ordens proibiram seu uso por ser uma demonstração de opulência, contrária aos seus preceitos de humildade. O uso do âmbar floresceu durante a era neolítica quando as mulheres que coletavam madeiras na beira do mar Báltico descobriram que as pedras do mar, que flutuavam nas águas e eram atiradas à praia, queimavam mais facilmente que a lenha e possuíam um suave aroma...o âmbar sempre foi visto como sobrenatural.

Entre os povos do Báltico, acreditava-se que um colar feito de âmbar estrangularia quem contasse mentiras e estivesse a usá-lo. Talismãs e Amuletos feitos de âmbar esculpidos em diferentes formatos eram usados para evitar acidentes, doenças ou mau-olhado. O mais poderoso destes talismãs possuía o formato fálico e acreditava-se possuir o poder de afastar poderosas forças de feitiçaria maléfica. 

Ginteras, é uma antiga palavra lituana que significa "defensor" ou "protetor", era o nome dado aos talismãs feitos de âmbar que eram usados ao redor do pescoço. Já os antigos chineses acreditavam que o âmbar era a alma de um tigre morto. Possui grande poder de protecção especialmente para as crianças. Permite ao corpo que se cure a si mesmo, elimina a doença das partes afetadas e purifica o coração e o espírito. A crença no poder do âmbar foi tecida como raios de luz na escuridão das antigas culturas bálticas. O uso do âmbar era infinito: talismãs para a cura de doenças, protecção física na guerra, para que o espírito encontrasse o seu caminho de forma rápida e segura durante a última jornada. 

Acreditava-se também que o âmbar dava imortalidade a quem o possuía. Sociedades de caçadores neolíticos enterravam os seus mortos junto com peças funerárias feitas de âmbar. Machados feitos de âmbar eram peças altamente valorizadas pelos mortos. É considerada uma pedra de assentamento e harmonia devido à sua forte ligação com as energias da Terra. A sua tonalidade amarela assegura a boa sorte e limpa as vibrações negativas. Preserva e resgata a sabedoria e o conhecimento ancestral. O âmbar é o símbolo Celta do deus do sol. É a pedra sagrada da deusa mãe. É o resíduo das lágrimas da deusa Jurate, a senhora do Mar, que vivia num castelo de âmbar nas profundezas do Mar Báltico. Ao se apaixonar por um mortal, condenou-o à morte, provocando eterno sofrimento a si própria. Por ser regido pelo sol e devido a suas propriedades elétricas, o âmbar protege contra a má sorte e contra despachos agourentos, inveja e inimigos de todos os tipos.

Para os romanos, uma pequena figura de âmbar era consideravelmente mais valiosa do que um escravo. O caminho que o âmbar seguia até os territórios romanos ficou conhecido como "A Rota do Âmbar" e foram encontradas peças desse precioso material na Grécia, no Egipto e na Assíria. A tribo lituana dos Kurshes dominava este comércio; milhares de moedas romanas de prata e cobre foram descobertas em seu território, como também nos territórios de outras tribos da região do mar Báltico. O âmbar verdadeiro flutua ao ser colocado na água salgada. O âmbar opaco flutua em água salgada de gravidade específica 0.05. Já o âmbar transparente precisa de água mais salgada com maior gravidade específica. O âmbar transparente é mais denso que o âmbar opaco ou nebuloso uma vez que essas "nuvens" são causadas por minúsculas bolhas de ar o que o torna mais leve. Âmbar é a única "pedra" que é morna ao toque, que pode ser esculpida com uma simples faca. A única que estala, cheia de eletricidade, como se estivesse viva, quando esfregada contra uma roupa de pele, a única que flutua nas águas misteriosas do oceano. Âmbar é o divino tornado tangível, a pedra que queima e acalenta os desejos do homem. Mesmo o mais simples pedaço de âmbar adquire nova majestade quando tomamos consciência de que está na Terra há mais de 20 milhões de anos. Quanta história não viveu! Quantos povos conheceu! Quantas civilizações viu surgir, florescer e enfim, desaparecer! Assírios, Babilónicos, Egípcios, Gregos, Romanos... Quantas aventuras até chegar às nossas mãos." 

Patrícia Douat Garcia é artista plástica e pesquisadora da psicodinâmica das cores nas sociedades orientais e no período medieval.

Essências potenciadas com «Âmbar»

  • Astroessência Terra LUX: Balança Entendimento, Intuição, Fluir, Amor, Cooperação, Mudança, Integração
    Frase chave BALANÇA: EU EQUILIBRO  - Signo de Ar, de Poder, Pai (fixo e mutável), regido por Vénus....
  • Essência Cristalina Terra LUX: Marfim/Lingam/Âmbar Abertura do coração
    Facilita a introspeção sobre as expectativas e perceção para torná-las mais realistas e viáveis. Limpa o organismo, com o âmbar e acorda a determina&cc...
  • Spray Áurico Terra LUX: Amor Próprio Clareza, Autoestima, Renovação, Intensidade, Rendição
    Este Spray Áurico impregna o ambiente áurico com informação de otimismo, esperança e uma alegria suave, nascida na alma que se sente apoiada e fortalecida, encoraja...
  • Essência Terra Luz.a: Chicória / Almeirão Bravo Desapego
    Potencial de amor altruísta e incondicional com um fluxo adequado do dar e receber. Equilíbrio dos estados de amor egoísta e carência afetiva - amar sem esperar nada em tro...
  • Essência Terra Luz.a: Ficus-Índica Propósito
    Presença "Eu Sou" - desígnio Divino para a manifestação do propósito. Ajuda a redirecionar e redistribuir a nossa atenção e energia e induz...
  • Essência Terra Luz.a: Morrião Azul Evolução
    Elevação do nível de consciência. Penetrar e activar cada chacra principal. Ativação de todos os centros energéticos - energia de "grounding"...
  • Essência Terra Luz.a: Morrião dos Campos Mudança
    Despertar de novas forças na alma. Espiritualidade no dia-a-dia - comunicação e interação entre pessoas do mesmo grupo (familiar, laboral, desportivo, etc.), &ldquo...

« voltar