Stop

Essências Florais Bach Cactus Fes Cogumelos Bush Australiano Orquídeas: Amazónicas Dancing Light Europeias Living Tree

Efeito Positivo: Esta essência trabalha com os corpos subtis no processo de mudança da forma ou libertando a forma. Se for permitido, este acto pode ser fluido. Aceitar que a forma pode mudar, deve mudar e que é natural que mude. A essência de níveis mais elevados sustenta o crescimento transformador, através da incorporação da intenção de assistir o ser a libertar-se da presente forma com a qual já estamos acostumados, para se mover ao encontro da nova forma de ser, no nível acima mais próximo.

Indicações: É-lhe pedido que pule para dentro de um estado de fé. Já resistiu á mudança até onde foi possível, e a vida parece estar em desintegração a todo o seu redor. Em lugar de ser um processo de co-criação, deixar o seu presente nível agora, pode ser um acto de desespero e, essencialmente, um acto de abandonar o barco.

Qualidades:
"Um dia, de cada vez que eu passava perto dela, a inteligência supra luminosa desta orquídea comunicava comigo a seguinte forma pensamento: Níveis mais elevados, níveis mais elevados, Níveis mais elevados".
Esta é uma orquídea multi floral, que organiza a sua floração em sucessivas florações. A flor mais baixa no caule floresce primeiro; ao longo de várias semanas desenvolvem-se as outras flores, uma por uma, até que no mesmo caule existam flores em todos os estágios de desenvolvimento. A 2ª flor, um nível acima no caule, está em formação, mas claramente ainda não totalmente formada; os botões que formam a 2ª flor estão em vários estágios de formação menor e diferenciação, enquanto os botões finais ainda nem sequer começaram a formar-se.

A doutrina das assinaturas ensina-nos que, ao mesmo tempo que existe a presente forma, aquela que está completamente familiarizada, desenvolvida e compreendida, existem simultaneamente níveis mais elevados no processo de formação. Esta essência representa o paradoxo que nos desafia a estarmos exactamente onde estamos e confiarmos que o acto de estar aqui é total e completamente o que é necessário, para nos propulsionar para novas manifestações de evolução. Nalgum momento, ser-lhe-á requerido um acto de fé para atingir novos níveis. Quão grande ou pequeno esse acto de fé será, dependerá unicamente de onde cada um se encontra.

A primeira flor a florir em todo o caule, é a 1ª também a esmorecer e murchar. Se aceitar o desafio e ascender até ao nível acima, então não terá de experimentar a demissão do ponto em que se encontra, do lugar onde antes funcionava tão confortavelmente. Se não estiver á altura da situação, então terá de enfrentar a decadência da forma, enquanto a força de vida se ausenta. Descobre então que tem de abandonar este lugar seja como for, porque ele já não o sustenta, energicamente. Em lugar de ser um processo de co-criação, deixar o seu presente nível agora, pode ser um acto de desespero e, essencialmente, um acto de abandonar um barco que se afunda.

O processo de criação/formação, sustentação e decadência repetir-se-á uma e outra vez na vida, e saberá por experiência própria que é seguro confiar num processo mais gracioso e criativo, da próxima vez que evolui a níveis mais altos. Esta essência trabalha com os corpos subtis no processo de mudança da forma ou libertação da forma. Se for permitido, este acto pode ser fluido. Lembre-se de que tudo aquilo que se manifesta tem as suas origens no não manifestado : é importante aqui, aceitar que a forma pode mudar, deve mudar e que mudar é totalmente natural. A natureza da vida manifestada é a impermanência; por isso, a única coisa que pode esperar que seja constante é a mudança. A essência de níveis mais elevados dá suporte ao crescimento transformador, através da incorporação da vontade de assistir o ser a entregar a forma presente com a qual já nos acostumámos, no movimento para a nova forma no nível acima de ascensão. De uma perspectiva física, parece haver um limbo entre o aqui e o ali. É como se se estivesse numa encruzilhada invisível, sem saber o caminho a seguir. A oportunidade ali está, de ultrapassar a inércia do conforto e do medo e dar um passo em frente para um lugar de confiança, conexão e sabedoria interior.
Há uma corrente de energia que se forma através da vontade. Necessita de coragem e confiança na verdade do coração de cada um, na alma e no ser infinito, para entregar aquilo que se conhece e mover-se para um nível mais elevado. A experiência cria confiança no processo da evolução de cada um. Quanto mais o fazemos, mais familiar se torna o acto evolutivo.

« voltar