Stop

Essências Terra LUX Artémis Astroessências Elixires Cristalinos Proteas Sprays Áuricos Terra Brasilis

Essência Terra LUX - TERRA BRASILIS:

Véu de Noiva

Phallus indusiatus

SENSUALIDADE SAGRADA & SEXTO SENTIDO

Véu de NoivaVéu de NoivaVéu de Noiva

Acorda assim a criatividade, fertilidade e a abundancia interior, promove a sexualidade sagrada, o desejo saudável, o sentido de pertença a uma Natureza maior que nos envolve, nos contem e nos honra com a dádiva da Vida em toda a sua plenitude.

Cogumelo do bambu, caroço de bambu, “stinkhorn” longo, crinolina Zhu sun”, ou senhora com véu e "ginseng de bambu". Pertence á classe dos Agaricomycetes, á Ordem Phallales e à Família: Phallaceae.

A essência floral de Véu de Noiva tem como virtude acordar instintos adormecidos, naquelas pessoas cujo aculturamento bloqueou a comunicação profunda com a sua autenticidade e reconhecimento da origem do ser humano, em que o instinto foi condição sine qua non para a sobrevivência da espécie. Instinto é um termo emprestado da biologia que nos lembra que somos um ramo evolutivo dos mamíferos.

Trabalha para a dissolução das mágoas referentes á sexualidade reprimida e à dificuldade de entrega ao prazer de estar e viver o e no corpo, pisar na vida de pleno direito, deixar cair preconceitos e permitir-se mergulhar e nutrir pela força do instinto primordial que em cada um reside por direito de existir.

É também útil para aqueles que se negam o direito de viver a sua sexualidade plena por razões de crença religiosa ou pudor induzido de forma distorcida. Serve ainda para liberação de medos relacionados com a entrega física, nas pessoas de caráter rígido que viveram educações severas e castradoras, ocasionando traumas e auto repressões: acorda o gozo pela vida, a alegria de viver e ser, o apropriar-se do seu lugar no mundo, sentir-se bem na própria pele e com o mundo que o rodeia.

Através da intensidade com que nos desperta os sentidos, esta essência acorda Eros, o deus da paixão, do amor, da sensualidade e do erotismo  da mitologia grega, fruto da união de Afrodite e Ares, cuja função principal é unir as pessoas por meio das suas flechas mágicas, o cupido do amor verdadeiro da mitologia romana.
Viver em plenitude o Amor que somos e permitir que cada átomo vibre essa intensidade sem repressão nem limites, aproxima-nos dos Deuses e permite-nos viver dimensões apenas intuídas e sonhadas mas raramente desvendadas á sensibilidade humana:

“ Um tempo de permitir a fantasia e a magia, um tempo de não limites, porque a energia é minha e posso permitir-me desafiar as leis da física, transcender as limitações da 3ª dimensão da consciência humana”.

Esta essência equilibra, integra e enraíza o Sagrado Masculino e Feminino arquetípicos, a Deusa e o Deus que nos habitam, o poder Pessoal vasto e profundo quer cada ser é no melhor do seu potencial.

A essência floral do cogumelo Phallus indusiatus foi sintonizada pela terapeuta Arianice Paulo Nascimento no Sítio Estrela Semente (Itacaré - BA - Brasil), no dia 26/11/2020 – às 8h:30min. Foram usadas a Esmeralda o Quartzo Branco e a Vassoura de Bruxa como pedras potencializadoras.

Véu de Noiva é assim descrito pela sintonizadora: Um pendão branco que sobe ereto do solo e que termina numa espécie de prepúcio castanho acinzentado (marron). Abaixo desta “copa prepúcio”, flutua uma espécie de tecido arrendado, como uma capa rendada, que cai em direção ao solo, parecendo um véu. No “prepúcio” existe um orifício central, em tudo semelhante ao orifício externo da uretra, conformando com isso a aparência de um pénis humano.


?Informação Botânica:

O Phallus indusiatus, tem muitos nomes. A maioria deles refere-se à sua delicada rede branca, que parece uma renda, véu ou saiote e desce da tampa do cogumelo até o chão da floresta. Mas essa é a única coisa delicada sobre este cogumelo. Tem uma forma provocativa (há uma razão pela qual todo o gênero é chamado de falo) e os frutos maduros de P. indusiatus têm até 25 cm de altura com uma tampa cónica em forma de sino coberta por um lodo contendo esporos marrom-esverdeados, que que atrai moscas e outros insetos que comem os esporos e os dispersam.

O véu-de-noiva já foi encontrado em todos os continentes, sendo mais comum na Ásia e em África. No Brasil, é mais facilmente encontrado no Sudeste e no Nordeste. Esta espécie foi identificada na floresta amazônica brasileira e na mata Atlântica do Brasil,

É um cogumelo encontrado em todas as regiões tropicais e subtropicais do mundo, onde cresce em bosques e jardins em solo rico e material lenhoso bem podre. Uma rede surge e cresce do topo do cogumelo já erguido do solo e cobre toda sua extensão, também comestível, embora o seu cheiro dissuada muitos predadores.

A sua cor pode variar devido à temperatura, altitude e localização, do amarelado, laranja a um tom de canela, às vezes pode até mesmo aparecer com uma cor bege ou acinzentada. A saia do cogumelo é de cor branca cerosa. Crescem individualmente ou em grupos em solo revolvido e entre aparas de madeira. Na Ásia, cresce entre florestas de bambu, e tipicamente frutifica depois de fortes chuvas.

Tem um teor de proteína incrivelmente alto. Para cada 100g de fungo, tem 33,6g de proteína. Comparativamente, a soja contém 33,5g e o frango 39g. Esta é a razão pela qual os antigos chineses também a chamavam de "galinha de bambu" e a classificavam como um dos "Oito Tesouros das Montanhas". Hoje em dia, ainda é valorizado pela sua elevada capacidade nutritiva pelos chineses, que às vezes o chamam de "ginseng de bambu" em vez de seu nome original. Escrito de forma diferente, mas pronunciado da mesma forma.


Propriedades Medicinais:

Antibacteriano: sabe-se que a adição a uma sopa evita que ela se estrague por mais alguns dias.

Reduz o nível de colesterol e limpa o entupimento das artérias: foi registrado na Farmacopéia Chinesa por Meng Xian, 621-713 DC) que 'limpa os intestinos e energiza o estômago, previne o envelhecimento, combate infeções e reduz a dor '. O seu caráter alcalino equilibra a acidez do sangue e das gorduras, auxiliando assim no tratamento do endurecimento das artérias, hipertensão e colesterol alto.

Possui abundantes tipos de aminoácidos, vitaminas e sais minerais, que contribuem para nutrir e fortalecer o corpo, beneficiar o fluir do chi (qi) e o cérebro. Os ingredientes eficazes do Cogumelo do Bambu são adequados para complementar os materiais nutritivos necessários ao corpo humano e melhorar a resistência do organismo às doenças. Serve para proteger o fígado e reduzir a acumulação de gordura abdominal, baixa a pressão arterial, a gordura do sangue e a induz a perda de peso.

O Cogumelo de Bambu possui um grande conteúdo de polissacáridos como a Glucose, Xilose e fibras dietéticas, que regulam a função imunitária do organismo e de prevenirem doenças.

É ainda considerado um afrodisíaco e induz orgasmos múltiplos femininos, além de ser importantíssimo para os ecossistemas - pois tem a capacidade de desintoxicar vários poluentes ambientais que afligem a floresta tropical - esta espécie em particular, também demonstrou ter propriedades que vão desde antioxidantes e anti-inflamatórios gerais até mecanismos de sinalização mais específicos, descritos com aplicações potenciais em tumores, cancros e imunoterapia, doenças inflamatórias neuro degenerativas e crônicas, etc.

O povo Miao do sul da China continue a usá-lo tradicionalmente por uma série de aflições, incluindo lesões e dores, tosse, disenteria, enterite, leucemia e fraqueza e foi prescrito clinicamente como um tratamento para laringite, leucorreia, febre e oligúria (urina baixa saída), diarreia, hipertensão, tosse, hiperlipemia e na terapia anticancerígena já validados cientificamente. Antibacteriano: sabe-se que a adição de véu de noiva a uma sopa evita que ela se estrague por mais alguns dias.

No estudo, que foi divulgado na publicação científica International Journal of Medicinal Mushrooms em 2001, os pesquisadores escreveram: “Os resultados sugerem a existência de compostos parecidos com hormônios em uma porção volátil do esporo que podem ter algum tipo de semelhança com os neurotransmissores liberados nos humanos durante as relações sexuais”. Adiantou ainda que o cheiro deste cogumelo fresco pode induzir orgasmos espontâneos nas mulheres, ao agir sobre os neurónios cerebrais.
No entanto, notou-se que o estudo usou as espécies encontradas no Havaí, não a variedade comestível da China. Os homens, por outro lado, achavam o cheiro repulsivo. No entanto, os textos chineses antigos atribuem ao Véu de Noiva qualidades de afrodisíaco para mulheres e homens. Este cogumelo em forma de falo também é considerado um afrodisíaco feminino na tradição havaiana e do Pacífico Sul, conhecido como Mamalo o Wahine, que se traduz como "cogumelo feminino ".

“A transformação de ovo em chifre fedorento é uma ereção lenta que geralmente começa no frio da noite e não termina até o nascer do sol” NICHOLAS P. MONEY


Lenda e Tradição Popular:

A história de Makealani e Kepa’a, e como o deus sorriu para todas as pessoas...

Makealani, que era filha do grande Rei Kupakani, gostava de caminhar pela floresta sozinha. Cedo pela manhã, enquanto o orvalho ainda estava na grama, ela pegava seu cesto e subia para as colinas. Ela colheu as flores perfumadas enquanto caminhava e observou os lindos pássaros voando de árvore em árvore. Esta era sua hora favorita do dia. Sozinha, ela poderia sonhar, como fazem as garotas, com o marido que teria e os filhos que criaria.

Um dia, quando ela tinha acabado de fazer 16 anos, ela sentiu um cheiro estranho e maravilhoso enquanto caminhava pela floresta úmida do início da manhã. Um cheiro que trouxe estranhas visões em sua mente. Visões deliciosas de Kepa’a, o filho do amigo de seu pai, Noa. Ela ficou chocada com as coisas que se imaginava fazendo com aquele jovem. Ela tentou parar, tentou voltar. Mas ela não conseguiu. Como uma mariposa atraída pela chama de uma vela, ela foi levada adiante. Passo a passo, conforme ela se aproximava da fonte do cheiro, sua imaginação se tornava mais selvagem e mais entregue. Finalmente, ela encontrou a origem do cheiro. Brilhando intensamente com o orvalho da manhã, ali estava. A planta mais linda que ela já tinha visto. Não como as outras plantas, mas em vez disso, apenas um único caule subindo do solo da floresta. Laranja e rosa, com uma saia fina pendurada no chão. E o cheiro, ao mesmo tempo repulsivo e atraente, ela precisava cheirar mais. Com o coração acelerado, ela se ajoelhou para sentir o cheiro melhor, mas de repente foi dominada por sentimentos como nunca sentira antes. Onda após onda de êxtase incrível, rolando sobre ela como o mel mais quente. Caindo no chão, ela estava mais uma vez com Kepa'a em sua mente. Amante dela.

Correndo de volta para a aldeia, correndo como o vento, ela mal podia esperar para cair em seus braços. Ela sentiu que deveria tê-lo. Quando ela chegou na casa dele, ela não hesitou. Rasgando suas roupas, ela se jogou sobre ele com urgência.

O resto é bem conhecido, como Makealani e Kepa’a se tornaram marido e mulher. Criar uma grande família, que se tornou governante de Rarotonga. Desta forma, os Deuses sorriram para o povo, iniciando a família real que governaria tão sabiamente por mais de 400 anos. Somente quando os deuses estiverem satisfeitos, eles produzirão esta planta mágica, a Mamalu o Wahine, a planta que faz as mulheres enlouquecerem de desejo. Somente se uma mulher levar uma vida boa e virtuosa, Deus a recompensará com este tratamento especial. Uma planta especial, apenas para seu prazer.

Contém vários bioativos compostos, e tem propriedades antioxidantes e antimicrobianas. P. indusiatus tem uma história registrada de uso na medicina chinesa desde o sétimo século DC, De acordo com o etnomicologista R. Gordon Wasson, o P. indusiatus foi consumido em cerimônias divinatórias mexicanas por causa de sua forma sugestiva.

Do outro lado do globo, os nativos da Nova Guiné consideram o cogumelo sagrado. Na Nigéria, o cogumelo é um dos vários cogumelos desta familia que receberam o nome de Akufodewa pelo povo ioruba. O nome é derivado de uma combinação das palavras iorubá ku ("morrer"), diversão ("para"), ode ("caçador") e wa ("procurar") e se refere-se a como o fedor do cogumelo pode atrair caçadores que confundem o seu odor com o de um animal morto.] Foi relatado que os iorubás o usaram como um componente de um feitiço para tornar os caçadores menos visíveis em tempos de perigo. Noutras partes da Nigéria, têm sido usados na preparação de amuletos nocivos por grupos étnicos como os urhobo e ibibio. O povo igbo do centro-leste da Nigéria chamou-os éró ?a, das palavras igbo para "cogumelo" e "beleza".

Descrição de experiência: https://www.discovermagazine.com/the-sciences/expedition-ecstasy-sniffing-out-the-truth-about-hawaiis-orgasm-inducing-mushroom - Christie Wilcox

Essências de Cogumelos são: 

“Preparações vibracionais produzidas sob influência lunar, de várias partes dos corpos frutíferos e / ou micélio, podem ajudar a trazer consciência para o nosso lado sombrio, representam memórias e experiências antigas que ajudam a moldar a nossa psique e maneira de funcionar no mundo e dão-nos apoio na compreensão do mistério das mitologias e do herói arquetípico e heroínas da nossa jornada. 

As Essências de Cogumelo podem ser iniciadas a qualquer momento durante o ciclo lunar (a própria essência – mãe deverá ser sintonizada com a Lua no céu), embora muitos prefiram começar (a toma) na lua nova. Podem ser tomadas individualmente, no entanto, até três essências de cogumelos podem ser tomadas ao mesmo tempo para trabalhar em questões mais complexas.

O uso de essências de fungos (cogumelos) não é um conceito totalmente novo, mas ainda não foram muito bem explorados todos os seus benefícios terapêuticos. Isso pode ser o resultado de vários fatores, incluindo a fungifobia prevalente em grande parte do mundo de língua inglesa.

As Essências de Cogumelo são preparações vibracionais produzidas a partir de várias partes dos corpos frutíferos do reino Fungi.
A maioria das essências é feita de pólipos (esporos liberados dos poros), basidiomicetos (cogumelos guelados) e ascomicetos (fungos do copo). Existem alguns líquenes, o casamento improvável de fungos e algas e uma briófita (planta) incluídos neste livro.

O cogumelo representa o ponto fraco ou a energia do submundo do planeta. Ao contrário das essências florais que estão conectadas ao sol, trazendo luz para áreas escuras, os fungos são lunares, escuros e misteriosos.

Como todos os tipos de seres vivos, expressam campos energéticos para aqueles que desejam observar, ouvir e sentir. Essa vibração, por sua vez, pode ser capturada e usada no trabalho psicológico clínico e privado. Como nenhuma substância física permanece, os cogumelos não podem fazer mal; pelo contrário, nas mãos de um praticante habilidoso, as essências de cogumelo podem ajudar a descascar as barras de aço da prisão emocional e mental de longa data. Ao dar permissão à alma para se expressar, o praticante pode não apenas ser livre para ser mais autêntico, mas pode ajudar entes queridos, amigos, clientes e pacientes em suas próprias jornadas.

As Essências de Cogumelo trazem consciência para o nosso lado sombrio. Representam questões profundas e difíceis que envolvem o "inverno da alma", memórias antigas e experiências de vidas passadas, que ajudam a moldar a nossa psique e maneira de funcionar no mundo, não apenas em termos de personalidade, mas em relação aos sistemas de crenças aprendidos cedo na vida que ditam a nossa visão de mundo e onde pomos o foco. O cogumelo representa verdades antigas que constroem o caráter. Apoiam-nos e ajudam-nos a entender o mistério das mitologias bem como os heróis e heroínas arquetípicos da nossa jornada.” 

Mais informações podem ser encontradas no livro 'Mushroom Essences' de Robert Dale Rogers, RH (AHG).

TERRA BRASILIS: Véu de Noivaé potenciada por:

  • Potencializador:

    Esmeralda

    ABUNDÂNCIA, PROSPERIDADE, CONFIANÇA

    Estimula o equilíbrio natural do corpo, bem como a sua recuperação e regeneração. A esmeralda estimula a viver a vida em plenitude e a aproveitá-la ao máximo. Incrementa a visão e cura distúrbios relacionados com a vista. Fortalece o coração, estimula o fígado, tem efeitos desintoxicantes  e alivia problemas reumáticos.

TERRA BRASILIS: Véu de Noiva é sintonizada por:

  • Arianice Nascimento

    Terapeuta Floral

    Brasil - Atendimento Presencial e Online

    Desde muito cedo tive curiosidade pela alma humana e o sentido oculto das coisas, situações ou nas "verdades" estabelecidas.  Questionadora de nascença, aos 15 anos conheci o universo arquetípico, através dos Arcanos do Tarot e depois fui estudar Filosofia, minha formação académica.  Paralelo aos 25 anos de ensi... LER +

« voltar